Manifesto

Queremos uma escola para todos. Feita de espaços abertos e fechados, onde se pise um chão fértil. Uma escola que nos permita perceber a natureza como um elemento que nos constitui. Uma escola onde convivam animais e plantas; onde frutifique o alimento; onde a sombra das árvores seja o abrigo da reflexão e da leitura; onde o vento provoque a desordem e nos lembre da inquietação, da transformação, do processo; onde a chuva nos revele o valor da água e do planeta, o interminável ciclo da matéria e da vida.

Queremos uma escola para todos. Uma escola para alunos, professores, pais, diretores. Para viver plenamente o presente, para experimentar possibilidades, para encarar riscos, desafios e responsabilidades. Uma escola feita de curiosidade, de imaginação, de criatividade. Uma escola feita de anseios, de dúvidas, de incertezas. Uma escola que transpire compaixão, generosidade, dignidade.

Queremos uma escola que seja o mundo, que necessite de outras escolas, de outras culturas, para se alimentar da diversidade humana, da aventura que é construir o conhecimento. Queremos uma escola feita de pessoas, de emoções, de alegrias, de tristezas. Uma escola que se reinvente em cada pessoa que dela participa.

Queremos uma escola para todos: alunos, professores, pais, diretores. Uma escola feita por todos. Queremos uma escola de todos.